•.¸¸.ஐ Aladas

Tens na pele as cores das flores que voam
teu aroma são asas
tens letras nas esquinas das pernas
onde desejo escrever um poema.

Tens nos lábios o coração
num dia quente
despertas nos meus a sede.
Leio um chamado em teus olhos,
não resisto a eles.
E anseio pousar em teus seios, na rosa
nos lábios para sentir teu pulsar.

Repousas num canto das estrelas
num canteiro de flores duradouras
onde te espero e te desejo...
Dar-te-ia rosas em ninhos de borboletas!

Queria aninhar-me em tua cabeleira;
Voar junto da tua imaginação.
Em ti carregas a paixão
levemente como as pétalas que perfumam
e deixas ao ar as letras para que eu te escreva
a ternura quase impossível
de quem carrega os sonhos dentro dum beijo

¨`*•.¸¸.ஐ.¸.•*•.¸¸..¸.•*•.¸¸.ஐ.¸¸.•*¨

Um poema de asas e sentires... Para ela!

4 comentários:



Priscilla disse...

Lindo! o que eu posso esperar de voce??? sempre o melhor! Te Amo

Miri disse...

Amor alado, leve.
Um encanto! Beijos.

Fil. disse...

poesia, estrelaço de nossos versos, versos de nossa vida,

vida entrelaçada em versos de poesia.

Paula Barros disse...

Sempre gostei de ler o que você escrevia, percorri alguns post, li alguns, outros li só trechos. E você escrevendo super bem.

O romantismo em muitos textos é gostoso de ler e sentir.

abraço.