•.¸¸.ஐ Minha despedida

Estou cansada de estar sozinha. Estou cansada de coisas divididas em certo e errado. Estou cansada de religião. Estou cansada de mim. Se eu não fosse tão covarde, jogaria tudo para o alto e sairia viajando pelo mundo até encontrar aquele lugar que eu sonho em chamar de lar. Eu sei que o lar é onde o coração está e que ele pode ser uma pessoa. E eu confesso que pensei ter encontrado meu lar, mas eu sinto que o perdi.

E aonde está o meu coração agora? Eu sinceramente não sei. Eu queria poder respirar e me sinto sufocada. Eu queria parar de doer. Eu queria um abraço e alguém pra me cuidar e dizer que vai ficar tudo bem nos dias que eu vejo tudo cinza. Mas não tem ninguém. Eu queria não ser tão responsável e faltar ao trabalho só para ir ver o mar. Eu queria viver. Não pela metade, não incompleta, não com sorrisos que não têm sentido pra mim.

Cansei de ter a solidão como melhor amiga e de ser triste em essência. Sei que já disfarcei melhor. Sei também que a verdade talvez seja o meu princípio falho. Mas o que eu conheço da verdade? Eu já vivi realmente? Eu tenho muito mais perguntas em mim do que respostas. Sempre fui assim, só mudaram as interrogações. Poucas pessoas me olham nos olhos. Não fico chateada com isso. Por vezes, eu mesma não me sustento olhar. Tenho interrogações demais e transbordo, sempre.

Por que viver me dói tanto? Eu já pensei em morrer. Já desejei isso ardentemente. Até que me convenci de que um caixão e um túmulo não me resolveriam os conflitos. E eu não acredito que tenha só esta vida, sei que já vive e voltei. Sei que voltarei novamente. Mas preciso crescer agora. Ainda que esse mundo me doa. Ainda que a doutrina pregada me fira no íntimo.

Eu sinto falta de um mundo que não existe. Sinto falta do meu eu que não mais existe. Sinto falta de carinho, de abraço e sossego. Sinto falta de ser entendida, de um chão debaixo dos meus pés e de um rumo diante dos meus olhos. Eu sinto falta de amor, do meu jardim, das roseiras da minha avó e do pé de cajá.

Eu estou cansada de fazer tudo mecanicamente. Acordar, estudar, trabalhar, comer, dormir. Estou cansada de apenas existir em dias sem sentido. Estou cansada de vazio, de distâncias, de não-presenças ao meu lado. Estou cansada de não pertencer ao meu tempo. Estou cansada.

Estou cansada dos tribunais diários, de ser um peso na vida de algumas pessoas. Não digo que eu estou certa e tudo no mundo está errado. Até porque, nada é uma coisa só, pelo menos pra mim. Mas eu ainda queria certa dose de coragem, certa dose de alegria. E ainda queira viver num mundo diferente. O meu consolo nisso tudo é o amor. E eu sou filha do amor, não de deus, nem do diabo. E o amor é livre. E até hoje eu nunca disse um 'eu te amo' que não fosse verdadeiro, disso não me podem culpar, ainda que crucifiquem o meu amor.

Mas agora, eu estou cansada. Cansada e sozinha.

Obrigada a tod@s pelo carinho com que sempre me leram. Mas agora eu preciso partir daqui por uns tempos... Não se volto cedo ou se não volto mais...
Beijos e borboleteios

30 comentários:



Lohan disse...

gostei do blog, estou te seguindo :D

http://blogmultitematico.blogspot.com/

Diogo Caceres disse...

Oi Brunella... ha tempos na vida que parece que nada mais faz sentido, que o chão foge dos pés, mas se não desistirmos podemos encontrar a esperança novamente!! Acabei lembrando de uma trova de Belmiro Braga:

"Provocações? Olha a roseira
Leal a Deus, tal qual é...
Dá rosas a vida inteira,
Por mais estrume no pé."


Não desista não, tudo passa e isso tb vai passar!!
Abraço e que sua semana seja de muita paz!!

Older disse...

Oração

Ameniza, Senhor
A dor que há em mim.
Ameniza, Senhor

Imuniza-me Senhor
de outras dores,
o Senhor pode.
Só o Senhor pode.

Coloca a LUZ no meu caminho Senhor,
e não deixe mais, nunca mais,
Meu coração andar pelas trevas
Senhor.

Senhor,
não deixe que me perca do Caminho
traçado por Vós e guiado pelo Destino
que só me trouxe boas coisas.

Senhor a Ti agradeço
Por me mostrar que a Tolerância
pode ser mais forte que a Força.

A Ti agradeço Senhor,
Por mostrar-me novamente o Amor
E a maneira suave de amar.

Coloco meu Destino em Tuas mãos,
Que o que foi traçado por Vós
Seja cumprido, com ou sem dor.

Senhor, peço-lhe se a dor tiver que existir
dê-me Forças, muita Força,
Pois só de pensar em um destino diferente
me faz enfraquecer e meus olhos chorarem uma grande perda.

Proteja-me Senhor, e também ao meu amor,
Que é grande, muito grande,
E não sei se sem Sua ajuda
Conseguirei levá-lo.



Há muito tempo, em um momento também assim, escrevi esta oração, de vez enquando ainda a leio para me lembrar de onde vem a força que me faz levantar todas as manhãs.
Tentava fugir, como se fugir fosse resolver todos os problemas, tolo que eu era, passei a enfrentá-los, mesmo sozinho nesta luta desigual. As vezes ainda me "entoco", para tentar fugir quando estou meio fraco, mas volto renovado deste meu exílio voluntário. Não desista, não suma por muito tempo, precisam de você, em algum lugar, nem que seja para ler sobre suas tristezas.
Abs

Marcia Paula disse...

Querida:

A vida é mesmo uma longa jornada. Eu gostaria de poder fazer mais por você. Seja como for, estou à sua espera, sempre.Beijo grande no seu coração.

Ava disse...

Ah, minha menina... Tão jovem e tão confusa...

E me sinto tão impotente para te dar um conselho...

A vida, Bru, é uma sucessão de obstáculos...

Vc salta um, aparece dois... sempre!

A dica é respirar fundo e saltar...

Querida, voce é tão jovem... não se desespere assim perante a vida, ainda tens muito que viver... e não tem jeito... é viver e viver...


Precisamos conversar...


Beijos!

Vivian disse...

...lembrei-me daquela
divina frasezinha
mágica...

"isso também passará"

querida farfala de palavras
mágicas,
só posso lhe dizer o seguinte:

fuja de tudo.
fuja dos seus conflitos.
dos seus medos,
das suas angústias
e tristezas.

fuja...fuja...fuja
se assim te fizer bem...

mas por favor...só não
fuja de você!!!

sim...de você.
porque é aí que reside a força
para que se levante...

só ai em você!

beijos de energia, querida linda!

HSLO disse...

Hum...vou sentir sua falta, viu.

Te desejo muita energia positiva,
paz e sucesso.


abraços

Hugo

Dois Rios disse...

Te entendo, querida Bru, ainda que eu vá sentir muito a tua falta. Mas sei que há vezes em que precisamos parar com tudo para reavaliar a direção da nossa estrada. Espero que essa fase passe logo e que voltes linda, doce e feliz como me acostumei a ti "ver."

Beijos saudosos,
Inês

Vampira disse...

As vezes todos nós precisamos de um tempo pra nós mesmas,para nos encontrar.Mesmo estando perto de amigo sentimos q algo nos falta,mais através do mesmo amigos pode ter certeza q ajudam-no a se reerguer.E o amor quando se faz sofrer não é pra ser o seu,pois a sua alma gêmea ainda esta por ai,e sera apenas através do tempo e vc dar uma chance a si mesma q conseguira encontra-la...

Miga seja forte e não desista daquilo em q acredita,por q o sofrimento não dura pra sempre!

beijosss
Tah♥

bia de barros disse...

Pena...

Quando a gente mais precisa de um abraço é quando mais devia abraçar o outro...

Voltes com mais flores, querida.

Beijos de luz,
Bea.*

Aline Dias disse...

poiis é. pra mim esse foi seu melhor texto.

Bebel Mendonca disse...

Muito bom, sem palavras, viu? Adorei seu blog. Parece que vc escreveu pra im.

Carla disse...

espero qure voltes e rápido...entendo o que escreves porque o senti também...mas a escrita pode ser libertadora
beijo

lua prateada disse...

Ó.....como eu te compreendo...nunca penses que estás só, ou que ninguem te compreende...magoa doí quando se luata toda uma vida por um lar uma casa uma família e de repente ves que ...tudo se foi estás completamente só...todos se foram uns de uma maneira outros de outra...
Aprender a lidar com a solidão não é fácil mas por vezes ela é a melhor amiga (o) que temos pois nada mais resta...
Não temas sê forte, porque amor tu tens dentro de ti, luta por isso e com ele vencerás...
Muita coisa poderia te dizer mais.
Mas...te deixo minha força meu carinho e sê forte ...passa... tudo passa...
Beijinho prateado

SOL

fengfk2008 disse...

Do the right thing is smart to do should not do is ignorance.

SEO

網路行銷

SEO

網路行銷

Avid disse...

Volta...Volta sim..tem cor deste lado te esperando...volta.
Bjs meus

Pelos caminhos da vida. disse...

Volteiiiiiiiiiiiii.

Obrigada pela sua visita.

beijooo.

NEOlóGica disse...

pena... quando venho, vc vai...
a proposta que voce nos case ainda esta de pé... so nao vai poder ser cheia de borboleteios pq a tama n gosta =P
te add nos meus fav.

Sorte por ai moça e cuide-se

Cαmilα ♥ disse...

Amiga, o que está havendo para gerar esse cansaço todo?
Há fases difeceis mesmo, voce já me ajudou a passar uma, lembra?
Mas não desisti... voltei e estou aqui para conversar, te apoiar e ajudar quando quiser.

Forças, minha querida.

Lembre-se das borboletas que você tanto ama, o quao ruim deve ser ficar em um casulo e depois quando se acostuma, ter que sair dele para enfrentar o desconhecido, pala ganhar voo.

BeijOs Bru!

Diego disse...

Volte.

MPereira disse...

Fico triste,por chegar,depois de muito tempo afastado, e sentir a tua tristeza,a vida é um caminho que ás se torna difícil de percorrer,e só posso desejr,desejar muito que consiga ultrapassar esta fase,e que o sorriso volte a iluminar a tua face

beijos com muita amizade e carinho

Older disse...

Fiquei triste, hoje resolvi passear por todos os blogs que visito e me atualizar nas coisas, o tempo não deixa fazer isto sempre, e pensei que fosse encontrar borboletas voando por aqui, mas acho que elas ainda estão no casulo, aguardando o tempo certo de aparecerem. Mas a certeza de que elas surgiram é que me fazem ficar esperando.
Abs, bjs

Diego disse...

Te esperando.

Franbogado disse...

A ideia do suicidio é muitas vezes reconfortante,
A ideia do isolamento é muitas vezes reaproximadora,
Por isso precisamos de vez em quando nos matar sozinhos, pra depois nos encontrar vivos e acompanhados!

Gostei do blog :)

Anja Rakas disse...

Ué? fuga estratégica?
Quando a gente se cansa a gente para?? Pensei q fosse ao contrario...que quando a vida nos dá um pontapé a gente gira 360 graus e dá um mais forte nela....humm...devo ter me enganado....
Naaahh nao me enganei NADA...poxa...chuta a gaja...manda pastar a tristeza...e se parares..será pra cheirar as flores que se estenderao no teu caminho.

Beijos

Vandi disse...

Ah moça, sinto muito que você esteja assim... eu já andei bem desanimada da vida também.
As vezes pareçe que tudo ao nosso redor está desmoronando, que a vida não tem sentido, mais é tudo passageiro.
você é linda, talentosa, inteligente ... cheia de qualidades, tenho certeza de que você achara seu lugar neste mundo.
Talvez até já tenha achado, mais não tenha atinado para isto

beijo grande

Véu de Maya disse...

Bru, amiguinha!

a menina só pode ficar...a tua escrita faz falta na bogosfera, e não só...pode ficar solitária...
se lhe apetecer...mas aqui tem muitas companhias e tb a minha amizade.

beijinho,

véu de maya

Analuka disse...

Pois então, espero que tenhas criado coragem de voar, viver, amar!!! Apenas quando rasgamos o véu dos medos e partimos, rumo ao interior e exterior de nós mesmos, podemos encontrar o que ou quem chamar de "lar", mesmo que seja por segundos, dias, meses... o importante, indispensável, delicioso, é viver com intensidade e coragem!!! Abraços alados.

Ana Banana disse...

Um dos melhores textos que li pelos blogs que visitei... sentimento latente e emergente. Transbordando em amor e dor. Meus parabéns.

Abraços!

Fil. disse...

saudades de você, irmã borboleta, poetisa encantada...

Quando retornar com tuas asas de luz manda-me um beijo pra eu renascer eu teu coração ^^'

http://deciframeenquantotedevoro.blogspot.com/