•.¸¸.ஐ Carta de lágrimas

Eu já não sei respirar quando estou longe de você. Juro que me falta o ar, a paixão bateu. Você é aquela mulher escondida nos versos de tantos poemas. Deste lado do rio eu posso ver tudo o que é seu. Delicadeza e mistério que nem você percebeu. Quero chamar sua atenção com as rimas das minhas estrofes.

Leio o seu nome nas águas do amor que correm a deslizar. Se eu não consigo dizer eu só posso escrever cartas com o olhar. Se eu arrisco a dizer, agora que estou longe de você, é porque deste lado do rio cada coisa é mais difícil se minhas mãos escorrem distantes de você.

Eu olho para o outro lado, onde você está, e minhas lágrimas escrevem o seu nome sobre a água do rio e suplicam para que o seu coração acolha o meu. Pra mim, você é não uma primavera, nem uma noite, é a minha vida e todas as estações. E eu fecho e abro os olhos e busco o seu sorriso para seguir.

Eu amo você.

21 comentários:



ઇ‍ઉ Amor a letra ઇ‍ઉ disse...

Oh My God! Amiga, quanto desespero do amor, profundo... um amor verdadeiro que provoca em nós meros mortais sujeitos a esse sentimento lágrimas, e suspiros e grandes exclamações!
Que amor puro... que amor lindo!
Amiga...é phoda amar!
Mas um coração sem amor...é pior ainda!
So beuatiful!

HSLO disse...

Hum...que bela declaração de amor...hein.


Abraços.


Hugo

º Tayla º disse...

OMG... o.O
Lindo demaaais Bru!
Beijoo, bom fds!

paula barros disse...

Fiquei impressionada com a imagem. A delicadeza do vestido, a sapatilha vermelha, a bicicleta no chão. Cairam? Fiquei a imaginar, um tombo. Divaguei na imagem.


Fico feliz por escrever, atualizar o blog, sentimentos que não podem calar, colocados em cartas, em manifestos, em protetos, em poemas.

Escritos que vem junto com a dor da alma.

E só para deixar claro, mesmo que repita várias vezes, aprecio seus textos.

bom final de semana.

Tempestade disse...

Bru,
Lindo, adorei!
Ler logo pela manhã de sexta alegrou-me.
Você escreve divinamente!
Aproveitando, passe lá, tem selo pra ti!
Beijos Tempestuosos!

Marcia Paula disse...

Que lindo, especialmente o "todas as estações",tocante.Beijos,poetisa e bom final de semana!

Aline Dias disse...

disse lacan: amar é dar o que não se tem a quem não precisa disso.

Ava disse...

Bru, tsambém tenho um rio em frente a minha casa...

E também olho aquela imensidão de água, e tento ver imagens, que só minha mente é capaz de imaginar...rs


Beijos...

Gigi Simões disse...

Bru!
Quanto tempo eu não passava por aqui e lia vc...
...vc sempre escreve coisas que tocam fundo na alma.

Adorei o novo visual do blOg.

Beijos e abraços!

=D

Diego disse...

É de lágrima.

Dois Rios disse...

Linda Bru!

Eis um amor se derramando pela foz de um rio e desaguando no mar de um outro amor.

Lindo amor, minha querida!

Beijos meus,
Inês

Soraya Azevinho disse...

bru! voce é perfeita!
"é a minha vida e todas as estações"

nao imagina as saudades que tenho de por aqui passar. mas é adorável, chegar e deparar-se com um cenário deslumbrante de magnifico.

um beijo*

Max Psycho disse...

eu ja acho que o amor não existe e portanto nem sei o que comentar, bjus gata

Ava disse...

Linda menina, seu carinho me encanta..

Obrigada por sua amizade...


Beijos e carinhos...

meus instantes e momentos disse...

saudades daqui,
Maurizio

Úrsula Avner disse...

Oi fofa, obrigada por seu carinho sempre presente em minhas páginas. Ando muito atarefada, depois volto com calma. Bj.

Nilson Barcelli disse...

Uma carta de amor ultra romântica.
Gostei imenso querida amiga.
Um beijo.

Delírios Literários disse...

Paixão avassaladora, né?
kkkkkkkk
Linda declaração!

abraços,
Sarah, Mônica Gabi

Older disse...

Profundo.....delicado....gostaria de ter escrito.
Bjs e bom final de semana.

Avid disse...

Belo.
Belo.
Belo.
Bjs meus

O Profeta disse...

As cordas de uma viola vibraram
Beijaram os dedos ao tocador
Uma nota fugiu ao encontro da saudade
No refrão a canção tinha a palavra amor

Nunca ouviste a palavra amor
Nunca te encontrou a nota de uma violoncelo
Nunca se rasgou o teu deserto de silêncios
Nunca um som te fez sentir o quanto é belo

Boa semana

Doce beijo