O sentimento não pode parar

A luz da lua dança nas ondas, lá no mar, as estrelas do firmamento suspiraram em uma galáxia que brilha vagamente. Uma voz através das eras na caça desta profecia. As pedras antigas irão nos contar que o amor deve nos fazer fortes

A brisa me abraça enquanto eu permaneço em meu posto de Amazona. Nossas batalhas, elas irão nos encontrar. As escolhas serão nossas e manteremos nossa bandeira orgulhosamente. Minha mente foi chamada através dos anos de ira e de discussões, de toda a miséria humana e todo o desperdício de vida.

Nós nos perguntamos onde as divindades estão ao nos depararmos com tanta dor. Eu olho para as estrelas acima para procurá-las novamente. E lá está Arthémis com seu arco a me guiar os passos e as palavras-flechas. Nós viajamos vastos oceanos e quando a liberdade jaze, o céu cai em lágrimas.

É para segurarmos nossa bandeira, é para carregarmos o arco-íris adiante. O amor nos fará fortes. E quando o vento carregar nossos gritos e preces pelo globo, e quando a última estrela brilhar vagamente e o sol do novo dia der a luz, nesse momento mágico, pela imensidão da Mãe Terra reinará o amor, e só!

6 comentários:



♥→ƒяaи¢iиє ←♥ disse...

Por que nós não somos nem iguais
nem diferentes... somos apenas felizes com o que amamos!

Marcia Paula disse...

:)

Rafaa Souza disse...

ameei a postageem ! ^^

Manuela disse...

Bom fim de semana.
Manuela

Diego disse...

Bela mensagem.

rouxinol de Bernardim disse...

Manuela.

Venho deixar um beijo e desejar Páscoa Feliz.

Aqui respira-se qualidade!
Rouxinol de Bernardim